Painel sobre negociações coletivas abre último dia do 34º CNSE

Com o painel “Negociacões Coletivas em Novos Tempos” teve início a programação do terceiro e último dia do 34ºCNSE. O mediador é o advogado da Divisão Sindical da CNC, Roberto Lopes e como debatedores Carla Tereza M Romar, negociadora patronal da Romar & Lobo Consultoria e Lourival Figueiredo Melo diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC).

Carla apresentou eixos da reforma trabalhista e questões que precisam ser focadas a partir da nova realidade. O conceito de representatividade sindical é o primeiro ponto, destacou a especialista.

“Representação decorre da previsão em lei, já a representatividade do reconhecimento frente aos representados”, diferenciou. Sabendo disso, é fundamental que as negociações sejam efetivamente fruto de representatividade, demonstrando a boa fé e transparência .

Outro ponto importante é demonstrar que as negociações coletivas são o melhor instrumento para regulamentação dinâmica das relações. A programação seguirá com palestra magna do ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Douglas Alencar Rodrigues, às 11 horas.

O CNSE é uma realização do Sindivarejo Campo Grande, com o apoio da Fecomércio-MS, Sesc, Senac, CNC e patrocínio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e do Sebrae.